sábado, 12 de novembro de 2011

Carl e Susan



Foram apresentados
Ele poeta
Ela pintora
O encontro foi breve
No verão de 1996
Susan vivia
numa simpática casa
junto a serra da mantiqueira
num local paradisíaco
Foi por essa altura
que ela começou a receber a visita
periódica daquele poeta
que conhecera
três anos antes
Passaram algum tempo juntos
Ficavam abraçados no tapete da sala
bebiam chá e ficavam a olhar um para o outro
calados ou falavam
das coisas da vida
trocavam idéias
Desses encontros nasceu o amor
O poeta absorvido a sua maneira de falar, de andar
o jeito  de vestir,
ouvia em silencio
lia seus pensamentos
Entre eles havia uma comunhão de almas
O tempo passou
O poeta ficou famoso
As duas almas que em tempos se amaram
separaram-se
Ela foi sucumbindo
E ficou no esquecimento
Ficou as lembranças do passado
de momentos eternos
de um entendimento
profundo
e de uma tristeza e nostalgia
encontrados na
poesia

Marcia Lailin


Nenhum comentário: