Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2011

Da magia

Imagem
Ela era uma deusa Não tinha existência real Tinha voz, mão, olhos, pés... Quanto a voz era colossal Totalmente incomensurável Andava com a fama batendo nas estrelas Ia com uma passada  de um país a outro fazendo com o farfalhar de suas saias um redemoinho tão violento que sugava os homens para fora de casa
Marcia Lailin

Do agora

Imagem
Quando derramo a garrafa de vinho na minha boca
o líquido que contém escorre pelo meu corpo
Alguém canta lá fora
Ouço o som de um violino
Sou uma velha idiota
Uma fracassada
Uma criatura trapalhada
Que diabo poderia responder?
Que o gênio e a loucura
são aliados próximos?
Agora aqui no silêncio do meu quarto
olho o teto manchado
Nesse momento
eu estraçalharia
a majestosa ficção que somos
eu e você
e minuciosamente a reconstruiria.

MLailin

Do amanhecer

Imagem
Então isso é um novo dia nascendo E todas essas pessoas na rua são encantadoras e todo esse sol que queima o meu rosto é o mesmo que entra em sua janela alcançando o seu corpo adormecido Tudo está tão bonito e simples Embora não possa dizer o mesmo de mim.
MLailin

Do sonho...

Imagem
Foi um daqueles sonhos
no qual a gente se vê sem roupa e no ponto
de trocar um aperto de mão com um homem
No sonho ainda...
Mas na vida real
Não tem graça
Não admirava que aquelas duas moças
tenham rido de mim
uma coisa pavorosa
Sai e me afundei numa rua
suja e escura

(MLailin)

Do momento:

Imagem
A coisa é tão incrível a ponto de beirar pelo surreal É com efeito tão fantástico, que me passa pela cabela, a ideia de que  a aventura até pode tornar-se muito divertida Por que não se atirar a ela afundar-se até esse estranho nível de banhar-se em sua novidade como um tônico e um refrigério?
Lailin

Um dia... (7 anos de Beslan)

Imagem
UM DIA... COMPREENDEREI PORQUE TODAS AS PEQUENAS MISÉRIAS DE TODOS OS DIAS TOMAM AOS MEUS OLHOS UMA IMPORTÂNCIA DE CATÁSTROFE PERCEBEREI QUE ESTOU PREDESTINADA PARA SOFRER SOFRER HORRIVELMENTE POR TUDO, PARA PERCEBER MULTIPLICADOS PELA MINHA SENSIBILIDADE DOENTIA  TODAS AS IMPRESSÕES DOLOROSAS E, UM MEDO DA VIDA SE APOSSAR DE MIM... E, NO ENTANTO NADA MAIS TENHO A TEMER, AGORA
MLAILIN 

Dos desencontros - Haicais

Imagem
Nossa amizade
cessa aqui
nesse trecho da estrada


Restou uns poucos traços
riscado ao acaso
no papel amassado


Segui por outro caminho
entre coisas
que não me tocam

Por um longo caminho
ando com a solidão
meu ar natural

Necessito da solidão
para recuperar o equilíbrio
ultrajado e angustiado

Quero ser
tão somente como os outros:
insignificantes

Bater o pé
no degrau de pedra e gritar:
Dane-se!

MLailin


História em quatro partes - Verdade

Imagem
Por toda a parte havia verdades e eram todas belas Ela tinha centenas de verdades Mas não lhe contou todas elas Havia a verdade do companheirismo E a verdade da paixão A verdade da riqueza e a verdade da pobreza Da sobriedade e da libertinagem Da traição e do perdão Centenas e centenas eram as verdades
E eram todas belas Depois entraram em cena as entidades
Cada uma delas agarrou uma dúzia de verdades
E a verdade usurpada
Transformou-se em falsidade
MLailin

FELICIDADE

Imagem
Poderia dizer honestamente que acha a vida diária uma delícia?
O rosto dos trabalhadores, viajantes, donas de casa, refletem
preocupações, tristeza, apatia...
O ritmo da vida é mais rápido e na pressa de fazer as coisas
situamos mal a verdadeira felicidade
A felicidade é fácil de definir num livro
Tê-la como parte regular da vida, agora e no futuro parece ser um sonho impossível
Mas, chega de choradeira
Prefiro estar viva a estar morta!!!

LaiLin

Meu tipo inesquecível - Miguel Costa Junior

Imagem
Acho que se apaixonar pelo professor acontece com todo mundo.
Foi o que aconteceu comigo.
Quando se é jovem é mais fácil lidar com isso, porque existe o sonho,
depois na velhice fica aquela coisa de que pode ser um engano, não é bem assim, é só admiração.
E aquela voz chamada consciência dizendo: larga à mão, ele tem 89 anos e você quer mais é a aposentadoria dele. Sei lá, passava mil coisas na cabeça.
Mas quer saber de uma coisa:
Fui uma besta uma tremenda de uma besta quadrada.
Mas a coisa estava nesse pé.
Eu fui contratada para ler para ele e um dia, fechando o livro perguntei:
Professor como foi a sua primeira vez?
Ele não respondeu, mas escreveu e graças a Deus eu guardei essa carta que diz:
Querida e adorada gatinha...
Hoje vou contar-lhe interessantes minutos de minha vida passada. Você, curiosa sempre, mostrando muito ciúme de meus dias de outrora, constantemente me pede que lhe conte essas coisas. Até agora nada lhe disse. Hoje, porém, vou abrir o livro nessa página. Preste …

Câmara Municipal de Carapicuíba - Impeachment do Poeirinha

Imagem
Câmara Municipal de Carapicuíba – 11 anos depois

Olhem a foto, nada mudou. Nem mesmo a pintura ou o orelhão na frente da entrada. Logo mais ás 18hs haverá a famosa reunião lá no porão cheirando a mofo. Eu estarei lá,  11 anos se passaram, a última vez foi em 1998.  Serei eu novamente quem sentará na plateia com ar de estafa com uma estranha sensação a percorrer o meu corpo. Ou não serei eu?

As recordações erguem... as cortinas e rompem o véu sobre os meus olhos...
07.07 – Casa de leis. Desço as escadas e sigo ate um porão. Na primeira porta a minha direita é onde entram os vereadores e é onde fica um segurança impedindo  que desordeiros entrem e corrompam a ordem. Sempre que estou aqui me faço a mesma pergunta: “Pode alguém sentir orgulho de estar aqui dentro, nesse muquifo?”. Hoje será dado ao povo informações sobre a ação judicial contra o prefeito Jorge do Poeirinha. Umas 100 pessoas estão do lado de fora e outras 200 dentro da câmara. O PT contratou perueiros e lotações que conge…

Carapicuíba é do Senhor Jesus

Imagem
Encontrei o Senhor Jesus....



Foi só seguir a placa...





Confesso que vivi - Câmara de Carapicuíba 1998

12.11.1998 – São quase 17hs e ainda não começou... Finalmente começam a chegar alguns gatos pingados. Vereador Wilson Marcelino começa a fazer a leitura das indicações e dos projetos em tom sonolento com a mão no queixo, quase dormindo em total pouco caso. Falação na plateia tento ouvir... Wilson Marcelino vai dando continuidade. Ao que mesmo? Entidade social Hospital Sanatorinhos. São questionamentos sobre o funcionamento do hospital para a população de Carapicuíba.  Mudando a conversa agora com tom exaltado e esbravejando quase gritando diz: “Esse é um prefeito sem compromisso com o povo. Depois do meio dia ele dorme”. Que diferença faz para plateia, o povo, se ele dorme ou fica acordado depois do meio dia? Marcelino continua bufando: “Enganou o povo com pacote de fubá. Teve 70.000 votos. Prefeito amaldiçoado pelo povo e sendo assim não serve nem para gari”. A plateia em ebulição só fal…

SEPARAÇÃO

Imagem
Trocaram mensagens bobas pelo celular Dividiram brigadeiro de panela Assistiram TV juntos largados na poltrona
e dormiram de conchinha.
Mas agora é cada um para seu lado
Ficou um enorme ponto de interrogação
Se era bom por que acabou? Márcia lailin