Translate

segunda-feira, 19 de março de 2012

Uma criança chamada: POBRE!

Se a vida deles seguir o padrão nunca serão alfabetizadas
Quando se tornarem adultos, se conseguirem um emprego, talvez ganhem um salário minimo



A comunidade está longe de ser ideal
Não há justiça social e as oportunidades são desiguais
 

Essas crianças tem os mesmos sentimentos de desamparo
e de desesperança que seus pais desenvolveram


Existe uma “cultura de pobreza”
suas vítimas resignam-se a uma vida
inteira de miséria


As marcas mais prejudiciais que a pobreza deixa em um jovem
são sentimentos de inutilidade e inferioridade
Sufocando qualquer esperança de algum dia existir um mundo melhor

A quem devo dar os parabéns?

Quem irá lhes dar uma esperança
de uma vida melhor
sentimento de auto respeito
valor pessoal e
dignidade?
Mlailin





3 comentários:

amanda disse...

Puta merda essas fotos ficaram ótimas!!!!

Mlailin disse...

Mas o que eu mais essas crianças detestam é ter de crescer na pobreza. É ver seus pais se matarem de trabalhar apenas para os manterem vivos. Ficam ressentidos por aparentemente não haver nenhuma saída.
E temos que aturar postagens no Facebook em blogs de pratos azeitados, de mansões, e de viagens ao redor do mundo... Como dizendo: Veja só o que você esta perdendo? Cada vez que tenho que olhar para pessoas e páginas assim peço mentalmente: meu saco de vômito!

VM disse...

Tá vendo pk eu gosto de si?