quinta-feira, 22 de março de 2012

Carapicuíba - Parabéns pelos 47 anos de pão e circo

Estava decidida a mudar o tema. Precisava voltar e com urgência para Quebrangulo e meus últimos momentos em Capim Macio. Mas ai, encontro isso ai na foto. Uma cidade e um aniversário. Sinto muito!
Não foi possível deixar em brancas nuvens.
Parabéns!
Quarenta e sete anos de pão e circo!



- Senhor! Senhor! Um momentinho
- Pois não
- O senhor sabia que CarakasVille está fazendo 47 anos
- Quem?
- CarakasVille
- O que tem?
- Está fazendo 47 anos!
- Quarenta e sete? Conta outra minha filha. Kkkkkkkkkkkkk








- Ah, mas tem tanta história para ser contada. Muitas delas tipo: a loira do banheiro e a do homem que caiu na coca cola. A senhora acredita em mula sem cabeça?
- Eu não! 
- Pois devia. Além dessas tem aquela do movimento emanciopacionista de 1960, onde morreram 4 jovens e duas mulheres. A senhora já ouviu essa? 
- Não!
- Como não? Está na boca do povo. Dia 26, será comemorado os 47 anos dessa revolução regada a pão e circo. A senhora precisa tomar ginko biloba
  - Ontem eu fui no posto da Vila Dirce, justamente atrás desse remédio, mas não tinha. Mas, conta ai minha filha...


- Foram 47 anos de luta. A data traz recordações dos esforços de homens e mulheres que se esforçaram para conseguir a emancipação de Barueri – Isto esta no jornal Guia de Carapicuíba.
 - O Sr. Se lembra disso?
- Eu não. Que esforço? Eu não lembro de ter visto homem ou mulher lutando em uma revolução. Isso é conversa pra boi dormir. Que eu saiba nesse lance ai esteve envolvido somente a administração na época do prefeito Antonio Faustino dos Santos. Um caso até hoje muito mal contado. Tipo PC Farias. Desde quando alguém em sã consciência iria querer se separar de Barueri? Nem se estivesse doido, pois todo doido precisa de um tratamento de saúde. E esse tratamento digno, só nos é dado em Barueri, onde temos de ir e mentir que moramos lá, muitas vezes mudando o título ou pedindo uma conta de luz para os amigos Baruerenses. Nada a comemorar só a lamentar.

- Ei você! Você e todos que estão nesse calçadão. Vocês parecem que não sei. Até quando vão ficar com essa cara de não-sei-do-que-você-está-falando. Até quando irão permitir serem violentados? Os gritos do descaso estão em cada esquina. Vocês ouvem, mas preferem que entrem por um ouvido e saia pelo outro. Dá para mudar esse rosto marcado pela insensibilidade? A verdade está estampada nele. E a verdade tem nome: sofrimento.

A nossa cara: 47 anos
de desânimo




A nossa cara: 47 anos
de frustração
- Ei Senhor! É o senhor! Levanta a cabeça! Só mais este ano. Depois pode abaixar de novo. Que diferença fará. Sei que não ajuda muito pensar que o futuro termina no Ariston, nossa última morada. Meu senhor, escuta! Veja as promessas feitas e que se farão. O senhor não se comove? Dessa feita dará certo! Só é preciso que o senhor se levante e coloque as mãos no bolso e tire o seu titulo, eles precisam um pouco mais do seu sangue.


- Senhora! Senhora!
Só um minutinho
Aonde a senhora vai com tanta pressa?
Já tomou o seu remédio para pressão? Colesterol? Diabete? Má circulação? Artrose? Coração? Depressão?
Ei, não tenha pressa!
Para um pouco
Pensa!
Preciso falar
São 47 anos
Quarenta e sete anos de nada
Nada aconteceu
É tudo invenção
Nossa imaginação
Veja bem...
Sabe essa pouca vergonha
Que leva o povo as lágrimas?
E que é bom nem falar
pois sei do seu coração
Das suas veias entupidas
Da sua dispensa vazia
Dos filhos mortos
Dos netos não nascidos
Por favor,
Vá com calma
não tenha pressa
As flores continuarão a nascer
No cemitério do Ariston

É um lugar estranho
onde os vivos se recusam a vir
E os mortos não tiveram opção
Papi e mami
estão aqui
Já não sofrem mais as mazelas dessa vida
Já não são mais obrigados a participar
dessa violência social
Encontraram a paz
Que nenhum politico foi capaz de dar


- Ei Moço! Moço!
É você mesmo.

Você que esta  abaixado.
Pensa que não estou vendo essa latinha de cerveja?
Olha moço, não dá pra segurar essa onda de cara lavada?
Não dá pra dar a outra face?
Sei que você tem chorado até uma horas, mas pensa... Pensa: Logo mais é dia 26, você poderá comer um pedaço de bolo.
Há quanto tempo não come um pedaço de bolo. E ainda mais assim, de graça.
E depois, moço, logo mais será outubro,
Época das ladainhas e dos santinhos
Logo mais será Natal, ano novo, carnaval
Segura à onda moço

E veja moço...






Veja moço
o andar da carruagem
o povo esta gordo e bonito
reclamam de barriga cheia
assim não chore
não lamente


Parabéns – 47 anos de pão e circo
Será nesse dia 26/03, a comemoração terá bolo e queima de fogos. Com direito a presença de amigos e parentes e os que participaram do Movimento Emanciopacionista (QUE NOME) onde haverá um resgate histórico e cultural sob as bênçãos de Deus. Afinal CarakasVille é do Senhor Jesus. E o partido governante sempre acreditou em Deus. E Jesus reina (Ainda que não aqui nessa terra de iniquidade)

Mlailin


2 comentários:

Mlailin disse...

Oa efeitos do raio gama sobre as margaridas do campo

sueli aduan disse...

Que fotos!!! Fortes/sensíveis.
Sabe que assisti em 19... kkkkk a peça "Os efeitos do raio gama sobre..." aqui em Sorocaba, eu devia ter uns 17/18 anos,

grande Lailin.

bjus