quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

short cuts


Do Paraíso até o parque Dom Pedro é uma boa caminhada
Debaixo de um sol escaldante e nada de pressa
Tinha uma missão
Transformar atos mais banais em extraordinários

Comprar arroz integral, por exemplo



- Coitadinho  
Diriam se não soubessem que passou a noite toda
perambulando e fumando crack.
Agora está ai largado em um sono profundo
parecendo o sono da morte




Não fosse a camiseta e o cobertor
eu diria que é a mesma pessoa
Um rosto bonito...
Eu só não entendi porque ele tirou as sandálias
como se estivesse acostumado a tira-las
próximo a cama...
Já foi o bebê de alguém
Ou não?




Não saberia dizer se aqueles sacos pretos atrás
são lixos ou os pertences dessas mulheres
a casa de cada uma...

Que tipos de fracassos tiveram em suas vidas?
Foram incapazes de lidarem com seus problemas?




Nem ele arreda o pé dali
e muito menos os pombos
Digam-me: Existe esperança de salvação?

Escolheu ser sem-teto? 



As ruas de sempre
o sol de sempre
as pedras de sempre
os homens de sempre
o espanto de sempre

Sem nada a dizer
escrever ou pensar
Adianta?




Quem aguenta ficar olhando
pra gente

Bêbada imunda e fedorenta 
sem posses, sem identidade, sem nada?
Nem eu
Nem você
Nem Deus





Posição social
glória e poder

O historiador britânico H. G. Wells
conseguiu imaginar uma sociedade igualitária,
baseada em três coisas: uma religião mundial comum,
pura e incorrupta,
Uma educação universal
E a ausência de forças armadas.


Até agora, a História não produziu
a sociedade igualitária
visionada por Wells.
A humanidade esta longe de ser igual,


As ruas de sempre
o sol de sempre
as pedras de sempre
os homens de sempre
o espanto de sempre

Tudo normal
Tudo absurdamente normal




Lailin

Nenhum comentário: