Translate

domingo, 2 de dezembro de 2012

666 - "número de homem"

Domingo
Dia longo
Tranquilo
Como há muito não sentia
Não existe nada na minha mente que atrapalhe
Os bons pensamentos
Exceto por um número
Escrito em um livro
666
Parei aqui:



O número seis foi, por diversas vezes, citado na Bíblia como
O número da fera
Número imperfeito e antagônico ao bem.

Por que a Bíblia usa feras como símbolos de governo humano?
Por causa do registro animalesco de derramamento
de sangue acumulado no decorrer dos séculos.
“A guerra é uma das constantes da história”,
escreveram os historiadores Will e Ariel Durant,
"e não tem diminuído,
apesar da civilização e da democracia"

É chamado no livro do apocalipse 
como o número do homem
Uma marca humana
Seis é um número inferior a sete.
Um símbolo apropriado de algo imperfeito ou defeituoso
Seis repetidos três vezes, como 666
Enfatiza fortemente essa imperfeição.
Quem no decorrer dos tempos refletiu
a decaída condição humana,
a marca do maldade e da imperfeição
com tanta perfeição?
Sem sombra de dúvida
Aqueles que fazem as leis:
Nossos governantes
Ter a fera o “número de homem”
Ou “um número humano”
Indica que se trata de uma entidade humana
Toda civilização que já existiu por fim desmoronou
A História é um relato de esforços que fracassaram
De aspirações não concretizadas
Tirando uns poucos que tentaram
Proteger direitos humanos fundamentais
Nenhum governo ou organização conseguiu trazer
Paz e tranquilidade
A humanidade

Lailin


2 comentários:

Dario B. disse...

Não consigo me recordar de nenhuma fera que mate por matar, por poder, por riqueza. Os animais matam para sobreviver. A besta é um animal util, algumas morrem por carregar um peso que não tem capacidade apenas para aumentar os ganhos do dono. Mas isso pouco importa, afinal, nós somos humanos, não é?

marcia lailin disse...

Dario, vc foi um presente bom que o facebook me deu

Bjs