Translate

segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013

Trabalhe em casa



Foi esse o anúncio que encontrei ha três meses
Atendi o pedido
e comecei numa segunda-feira
Um jornalista da folha
precisando de secretária
depois de um acidente...
Tudo que que eu precisava
O prédio não é lindo como este ai da foto
fica lá na boca do lixo
e eu não vou ficar tirando foto daquele horror

Sinto muito


Passo o meu tempo lendo
ou digitando
que chatice né?
Quero que o mundo ache uma chatice
e deixe tudo pra mim


Nas horas vagas procuro ananaís
como isso:

Cinderela moderna

Cinderela estava triste e desiludida em casa.
Suas Irmãs estavam no maior agito lá na festa do príncipe e ela não podia ir…
Nisso chegou a fada madrinha, que lhe perguntou o motivo de seu desagrado:
-É que aquelas duas go
rdas foram a festa do príncipe e eu não posso ir porque estou menstruada…
A fada madrinha disse:
-Que isso, minha filha? Menstruada ficava sua avó… tenho uma coisinha que vai resolver o seu problema…
Então a fada dirigiu sua varinha de condão para a abóbora ali presente e a transformou em um OB e apresentou a menina o absorvente com todas as explicações pertinentes ao seu uso.
E lá foi a Cinderela feliz e contente para a festa.

À meia noite ela morreu!




O psiquiatra pergunta ao paciente:
— Pode me contar desde o princípio…
— Pois bem doutor! No princípio eu criei o céu e a terra…




Mas
com meu chefe eu não posso viajar na maionese 

muito não
Ele me olha sério e diz: - É pra ontem
E eu penso: "Então já era"




Audrey
se eternizou no papel de bonequinha
eu nunca fui com a cara desse rotulo
acho que
ela se tornou de louça
diferente de Liv Ulmann
Nas mãos de Bergman
sendo modelada em vaso mais fraco

de barro



Liv e Bibi Anderson em Persona
é o que mostra a foto ai acima
Só gostei de Liv
quando casada com Bergman
depois 

não a suportei mais
Posso?

Uma pedante
e agora se faz de viúva
amada




Essa foto é linda
gosto da calcinha de renda
a posição do pescoço
as pernas retas
o braço segurando o corpo
Perfeito
Pudesse
e os ossos dessem...



O poderoso chefão

depois de ficar alguns minutos

eternos

em um

blá blá blá

cobrando um monte de coisas


Segunda-feira

ele pensa que é fácil

Depois da leitura do estatuto

saiu 

e eu me senti

como um cachorrinho amuado

em homenagem a esse sentimento

Preciso postar algo

e fazer minha catarse

Um sujeito está em uma entrevista para emprego.
O psicólogo dirige-se ao candidato e diz:
- Vou lhe aplicar o teste final para sua admissão.
- Perfeito, diz o candidato.
Aí o psicólogo pergunta:
- Você está em uma estrada escura e vê ao longe dois faróis emparelhados vindo em sua direção. O que você acha que é?
- Um carro, diz o candidato.
- Um carro é muito vago. Que tipo de carro? Uma BMW, um Audi, um Volkswagen?
- Não dá pra saber né?
- Hum…, diz o psicólogo, que continua: Vou te fazer uma outra pergunta:
- Você está na mesma estrada escura e vê, só um farol vindo em sua direção, o que é?
- Uma moto, diz o candidato.
- Sim mas que tipo de moto? Uma Yamaha, uma Honda, uma Suzuki ?
- Sei lá, numa estrada escura, não dá pra saber (já meio nervoso).
- Um…, diz o psicólogo. Aqui vai a última pergunta:
- Na mesma estrada escura você vê de novo só um farol, menor que o anterior. Você percebe que vem bem mais lento. O que é?
- Uma bicicleta.
- Sim mas que tipo de bicicleta, uma Caloi, uma Monark?
- Não sei.
- Você foi reprovado!!, diz o psicólogo. Aí o candidato dirige-se ao psicólogo e fala:
- Interessante esse teste. Posso fazer uma pergunta ao senhor também?
- Claro que pode. Pergunte.
- O senhor está tarde da noite numa rua iluminada. Vê uma moça com maquiagem carregada, vestidinho vermelho bem curto, girando uma bolsinha, o que é?
- Ah! – diz o psicólogo – é uma prostituta.
- Sim, mas quem? Sua irmã? Sua mulher? Ou a puta que lhe pariu?






Concordo que muitas vezes penso coisas

falo coisas

Mas não somos todos assim?

Por que é mais fácil dizer do que fazer: Ame e tenha 

paciência?

Ou então ficar escrevendo sobre minhas maravilhas

O quanto sou boa, pura e justa

Não sou nada disso

Digo e repito

Não sou e ninguém é


Grande coisa



Será que eu não posso viver nesse mundo cão


almejar ter qualidades nobres


e conseguir viver uma vida baseada em virtudes?


Não, não posso


O cão esta parado na minha porta

E não venham me dizer que é uma provação de Deus 

por coisas más Deus não prova ninguém


Meu chefe abaixa o jornal e me olha

Tive vontade de dizer:

Só coloquei a cara na janela

já estou voltando

para meu exílio

Nojo



Como é linda Liz Taylor

Agora podemos dizer:

Como é linda!

Ela esta morta e voltou a ser bela

Assim como esta foto do filme Lassie


posso enrolar

e me tornar sem pé e sem cabeça???



Pode!!

Phode?

Ok


História real e que ganhou 

o primeiro lugar 

no Criminal Lawyers Award Contest

Um advogado de Charlotte, NC, comprou uma caixa de 
charutos muito raros e muito caros. Tão raros e caros que 
colocou-os no seguro, contra fogo,entre outras coisas.
Depois de um mês, tendo fumado todos eles e ainda sem 
ter terminado de pagar o seguro, o advogado entrou com 
um registro de sinistro contra a companhia de seguros.
Nesse registro, o advogado alegou que os charutos 
"Haviam sido perdidos em uma série de pequenos 
incêndios”. 
A companhia de seguros recusou-se a pagar, citando o 
motivo óbvio: que o homem havia consumido seus 
charutos da maneira usual.

O advogado processou a companhia… E GANHOU.

Ao proferir a sentença, o juiz concordou com a compnhia 
de seguros que a ação era frívola. Apesar disso, o juiz 
alegou que o advogado “tinha posse de uma apólice da 
companhia na qual ela garantia que os charutos eram 
seguráveis e, também, que eles estavam segurados 
contra fogo, sem definir o que seria fogo aceitável ou 
inaceitável” e que, portanto, 



ela estava obrigada a pagar o seguro.

Em vez de entrar no longo e custoso processo de 
apelação, a companhia aceitou a sentença e pagou
$15,000 dólares ao advogado, pela perda de seus 
charutos raros nos incêndios.

AGORA A MELHOR PARTE

Depois que o advogado embolsou o cheque, a companhia 
de seguros o denunciou, e fez com que ele fosse preso, 
por 24 incêndios criminosos ! 



Usando seu próprio registro de sinistro e seu testemunho 

do caso anterior contra ele, o advogado foi condenado 
por incendiar intencionalmente propriedade segurada e 
foi sentenciado  24 meses de prisão, além de uma multa 
de US$ 40,000.00






AMEI


Mlailin

Um comentário:

Anônimo disse...

Você é D+
Seu fã Beijos
Dan