Translate

domingo, 27 de julho de 2014

Os últimos dias de Hitlher

Te enganeieee

São nada mais
nada menos
que 

as abobrinhas da Lailin
#ataldaLailin#




Estava na mesa
ja dando a terceira garfada naquela famigerada galinha
que desde as 10hs estava no forno
com direito a recheios de pão
e acompanhamentos de ervilhas, couve flor, cenouras
e vinho
Foi quando alguém na mesa me saiu com essa
- Essa galinha nunca correu
Parei com ela entre os dentes e disse - Como sabe disso?
- Pelos ossos que não saem da carne. se ela tivesse corrido e alimentada corretamente seus ossos teriam outra cor, uma cor amarelada e sua carne não sairia facilmente dos ossos como essa
Foi ai que fiquei com pena daquela galinha que nunca tinha voado, criada em um laboratório em um quadradinho. Nunca teve pintinhos, nunca saiu com eles a passear em fila indiana. Nunca cacorejou com sua amigas, ou saiu em furia dando um chega pra lá no galo do galinheiro. Já estava novamente entrando em depressão por mais essa onda dessa vida bandida... Ia dizendo tudo isso ao meu ouvinte quando ele mandou eu parar de ser boba e começou a falar da cenoura que também tem vida e ninguém lastima... Foi ai que limpei a mesa e vim para o meu canto, este aqui, onde ninguém faz pouco caso de mim

Lailin

(quem mais poderia ser)





Nenhum comentário: